quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

TAG natalício ou "Eu sou pior do que um monstro do Natal"

A Sofia, do Crónicas de Salto Alto, lixou-me bem lixadinha. Eu acho muito piada quando leio "5 factos que não sabiam sobre mim" e coisas que tais, e agora assim de repente consigo lembrar-me que  (i) tenho os dentes tortos, (ii) odeio queijo, (iii) quando era pequena, vesti 4 dias seguidos a mesma roupa e tive vergonha, (iv) não adoro fazer anos e (v) não gosto de usar golas altas apertadinhas ao pescoço. Vêem? Foi fácil. Então... Porque é que ela me lixou? Porque... é um TAG natalício! É suposto transbordar paz e amor e alegria e felicidade e tudo o que há de bom e fantástico nesta quadra... Que eu nem sempre sinto. Como tal, ficam já avisados de que o que se segue pode ferir a susceptibilidade dos mais sensíveis ao Natal. Prometo ser o mais fofinha possível.


Ora então vamos lá a isto! Pois diz que são 13 questões e depois tenho de passar a 7 bloggers... Argh, tenho medo de passar a isto a maluquinhos como eu! Vamos lá às questões e depois se verá.

1 - Qual é o teu filme de Natal favorito?
Ainda agora começou e já me sinto uma Grinch desta vida. E não, o meu filme de Natal favorito não é o Grinch... Simplesmente não tenho. Ups :x Prometo que, para compensar, hei-de ver muitos filmes natalícios e tentar decidir! Só nunca tive muito tempo para ver filmes nesta altura, porque...

2 - Onde costumas passar o Natal?
Tal como a Sofia, tive direito à minha correria natalícia. Desde que me lembro que tinha de dividir o Natal entre o meu pai e a minha mãe. Hoje em dia, continuo a dividir-me e faço questão de, pelo menos no dia 25, ir almoçar com a família do meu pai. No entanto, o dia 24 é... uma grande trampa. Ai esta família...!

3 - Qual é a tua música de Natal favorita?
Conseguem adivinhar a minha resposta?? Pois........ Não tenho! Mas aqui têm duas que já ouvi muito: Feliz Navidad (todos a trautear "Feliz Navidad, Feliz Navidad, Prospero Año y Felicidad... I wanna wish you a Merry Christmas...") e God Rest Ye Merry Gentlemen (ainda não ouvi o álbum deste ano!!).

4 - Abres os presentes na véspera de Natal?
É aqui que descamba ainda mais... A minha mãe passou-me a sua não-tradição de Natal. Ela liga TÃO POUCO à coisa que abre os presentes quando lhos oferecem. Se quando era pequena abria os presentes em casa do meu pai à meia-noite e em casa da minha mãe no dia 25 quando chegasse, hoje sou igual à minha mãe. Se, por qualquer motivo, a pessoa disser "não! É para abrir no Natal!", a reacção é simples: "ah, está bem, tens razão". E abro quando a pessoa estiver fora do meu alcance.

5 - Por que tradições estás mais ansiosa este Natal?
Acho que já perceberam que... nenhuma.

6 - Tens uma árvore de Natal verdadeira ou falsa?
Falsa, como o meu Natal. Muahahah. Este ano vai ser feita pela primeira vez em muito tempo.

7 - Qual o teu doce/comida favorita no Natal?
Esta é fácil!!!! Arroz doce!!!! Mas, como nunca ninguém mo fez no Natal (falha gigante, família), demorei muitos anos de vida a aperceber-me de que era um doce natalício...

8 - Sê honesto: preferes dar ou receber presentes?
Eu adoro receber presentes, sempre. O problema é que sou uma mal-agradecida... Nesta altura, gosto bastante de pensar naquilo de que as minhas pessoas mais gostam... E é extremamente gratificante sentir que acertei. Este ano estou sem ideias e sem criatividade, por isso algo me diz que não vou gostar de dar nem de receber. Ups again.

9 - Qual foi o melhor presente que recebeste?
De Natal? Um relógio, há 50 mil anos.

10 - Qual é o teu lugar de sonho para visitar no Natal?
Eheheheh, se é para viajar, eu sei onde quero ir!! Em Janeiro, tive a oportunidade de passar quase uma semana num chalet nos Alpes... E, meus amigos! That's the dream! Chalets de madeira, neve, luzes de Natal... Um dia, i., um dia. Também quero muito ir ao Mercado de Natal de Estrasburgo, em França.

11 - Momento mais memorável das férias de Natal:
Infelizmente, os momentos das férias de Natal que tenho mais presentes são tristes e passados em hospitais. Não vou entrar por aí, não é?

12 - Como é que soubeste a verdade sobre o Pai Natal?
Ah. Ah. Ah. Falha total da minha família. A minha mãe chegava com os embrulhos e, no dia de Natal, tentava-me fazer acreditar que tinha sido o Pai Natal. Depois ainda tentaram dizer que o Menino Jesus me deixava coisas no sapatinho... Caros avós, sempre soube que eram vocês que punham lá o dinheiro (P.S. Não dêem só dinheiro a crianças).

13 - És uma pro a embrulhar ou um fail completo?
Só não sou um fail completo porque o embrulho existe e o presente está lá dentro. Há uma altura em que a minha mãe se passa e me tira as coisas das mãos. Destreza fantástica...

Em relação aos bloggers a quem quero passar este TAG, digo o seguinte: se conseguem ter respostas mais felizes, por favor sintam-se brindados com isto! Quero ler histórias bonitas por esses blogues fora!
Quanto ao meu Natal, eu adoro genuinamente a minha família e é isso que importa. Ainda sou uma pessoa sonhadora de 24 anos que espera um dia ter uma quadra bonita e cheia de gente à minha volta. 

4 comentários:

Tulipa Negra disse...

Ahahah, gosto da tua técnica com os presentes :P

м♥ disse...

Oh pá, és um desastre mulher! :) ahahah Precisavas de vir passar um Natal (ou outra altura festiva) cá a casa. Sente-te, desde já, convidada :) Aqui é sempre a loucura porque a minha família é doida e barulhenta e cheia de coisas para dizer e piadas para contar. O natal é só mais uma oportunidade para fazer a festa :)

Lápis Roído disse...

Bué da Grinch =P

Sofia disse...

Ahahah muito bom! Gostei de ler. Estou a ver que sofremos de dramas familiares semelhantes =p quanto ao mercado de Natal de Estrasburgo, já lá estive e aconselho, mas gostei ainda mais do mercado de Natal de Colmar (=