segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Facto

Quando passo mais tempo em casa, a concentrar-me em coisas sérias, torno-me mais fútil. Estou tanto tempo focada em acertar pormenores da tese / problemas para resolver / entrevistas e candidaturas, que depois o meu cérebro tem ali uma falha qualquer para compensar e fica maluco com os e-mails que vão para o separador "Promoções".
Quer isto dizer que, se eu continuar muito tempo em casa a lidar com chatices, vou tornar-me numa pessoa deprimente e fútil? É que eu até me considero uma pessoa interessante, no sentido em que os meus interesses vão muito além da roupa... Não quero regredir!

5 comentários:

м♥ disse...

Acho que é um mecanismo compensatório qualquer que nos permite balançar coisas importantes com coisas mais fúteis, para descomprimir :)

Lápis Roído disse...

Uma vez que existe um separador designado "Promoções", sou tentado a pensar que tens uma conta no Gmail. Solução simples: abrir conta no Sapo =P

Cláudia S. Reis disse...

Não te preocupes que é só um modo do teu cérebro te dizer que tens de te distrair! ;)

Sofia disse...

Não te vais tornar desinteressante por te interessares mais por roupa. Há que ver o lado positivo das coisas, por isso, ensa assim, vais continuar a ser uma rapariga inteligente e interessante e, ainda por cima, super na moda =P

E. disse...

O facto de te interessares por roupa não te torna uma pessoa fútil, apenas que gostas de investir na tua aparência (e acho muito bem).
Por outro lado, acho q isso quer dizer que simplesmente que o teu subconsciente quer-se distrair e pensar noutra coisa sem ser isso da tese e etc.

E. ♥ Meet me for Breakfast