terça-feira, 19 de setembro de 2017

Vamos "descomplexar" a questão


Já fui uma pessoa com alguns complexos. O maior de todos eles estava na cara - é o meu nariz - e uma pessoa aprende a lidar com isso. Até porque não pertenço a uma cultura em que as mulheres usam burca (e ainda bem). Aceitar as imperfeições que (sinto que) tenho é meio caminho para estar mais feliz. Isto para dizer que, apesar de ter os meus dias em que não gosto do que vejo ao espelho (em diversos aspectos), também estou longe de ser uma pessoa complexada.
Ainda assim, não gosto de realçar certas zonas do meu corpo e gosto de me sentir confortável. Isto, muitas vezes, é confundido com "não gosto do meu corpo e tenho problemas com isso". Por exemplo, há uma coisa que me irrita muito em blusas mais largas que são decotadas - estão sempre a cair. Isso deixa-me desconfortável. Porque 1) não quero mostrar as mamas, 2) o tecido no sítio errado é mesmo desconfortável (literalmente), não é apenas uma mania que eu tenho de me "tapar". Há duas soluções: usar um top por baixo, se a peça de roupa em questão o permitir, ou não comprar algo que à partida já sei que não vai resultar comigo. É que - verdade seja dita - as minhas ditas não são muito grandes, pelo que nem todas as coisas resultam. Ou porque não segura, ou porque não fica bem, ou porque não serve. Porque sim, há peças que são mais adequadas a certos tipos de corpos e, se aceitarmos isso, ficamos em paz e tranquilidade com o que usamos.
Claro que de vez em quando uma pessoa gosta de sair um bocadinho da zona de conforto, de usar uma coisa assim mais "uau". Posso-vos dizer que este ano não usei mini-saias porque as minhas estavam-me apertadas e não calhou comprar outras, mas no ano passado usei muito uma que saía bastante daquilo a que eu estava habituada e adorava-a na mesma. Ainda assim, havia situações em que não a usava, por não ser confortável estar sempre preocupada em não mostrar o rabo (sim, era mini a esse ponto). Agora, sair totalmente da zona de conforto e sentir-me mal constantemente só para usar uma peça de roupa? Para quê? Não vejo a roupa dessa maneira.
Outro factor que faz as pessoas pensarem que eu não me quero mostrar: quando estou na praia, estou muitas vezes vestida (nem que seja com uma t-shirt). A razão não poderia ser mais simples: tenho frio (ou sinto que me estou a queimar, mas normalmente é frio). Eu sou uma pessoa muito branca, pelo que me é conveniente ficar debaixo da sombrinha mais tempo. E, surpresa!, às vezes está frio à sombra, o que me faz vestir uma t-shirt. Complexos? Só se for por achar que sou feia com frio.
Lembrei-me de escrever este texto porque, no meu feed do facebook, vi que alguém mudou a foto de perfil para uma em biquíni, em que as mamas da menina estão muito evidenciadas. Mais uma vez, já fui acusada de complexos por não querer tirar/publicar fotos do género. Em relação à foto da rapariga:  está bonita? Sim. Ela sente-se confortável com isso? Pelos vistos, sim. Então tudo bem. Mas, numa altura em que isto é super aceite, não persigam quem não quer fazer o mesmo. Vivemos numa altura em que temos de aceitar tudo - e ainda bem - e acabamos a perseguir quem parece não aceitar, só por não agir dessa forma.
Se eu quiser andar tapada, aceitem-me por favor. Se eu quiser andar destapada? Também.

2 comentários:

м♥ disse...

Não gosto de evidenciar o meu corpo. Não porque me sinta mal nele, mas porque não gosto de chamar a atenção para mim dessa forma. Gosto de coisas confortáveis e mais para o largas. Nunca uso decotes. Já não tenho saias há anos, mas uso vestidos curtos se me apetecer. Não é que não me sinta confortável comigo mesma ou tenha complexos (apesar de saber que estou mais gorda e isso não é propriamente um motivo de orgulho), mas não acho que exista necessidade de andar a mostrar tudo a todos. O meu corpo é meu, é só um corpo, e eu sou muito mais que isso. Não quero que olhem para mim pelas minhas mamas, pelo meu rabo ou porque uso roupas justas e provocantes. Quero que olhem para mim por mim, pelo que eu sou. Não gosto nada de ter as atenções centradas no meu corpo, é muito desconfortável. Mas na praia não tenho problemas. Uso imensas vezes camisolas na praia porque também fico com frio! :)

Fotos em bikini é que nunca. Acho tão desnecessário publicar isso no fb. Para quê?

i. disse...

Eu não julgo quem o faz, só não é a minha praia :) E sim, sinto o mesmo! Se não sentisse, não usaria calções (no verão, quando morro de calor no Alentejo - ou noutro sítio, claro - e é mais prático do que saias). Mas, regra geral, prefiro andar tapadinha, com o tipo de roupa que descreveste.