segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Aquela incapacidade vital de atingir uma satisfação plena e constante


Desde que me lembro que tenho em mim um sentimento muito forte de insatisfação. De necessidade de saber mais, de fazer mais, de ver mais. De dar mais de mim a algo. Além disso, senti-me também muitas vezes presa... Como se me amarrassem os membros para que eu não pudesse saber, fazer, ou ver mais. Sentir mais.
Com o tempo, fui ganhando a minha liberdade. E fui percebendo que a liberdade também nos limita. Dá-nos a responsabilidade inerente a uma escolha, em detrimento de outra. E o sentimento de insatisfação de não nos podermos dobrar mais, esticar mais, chegar a mais. Mais longe.

4 comentários:

м♥ disse...

Como te entendo!

E. disse...

sinto-me tantas vezes assim, insatisfeita...

E. ♥ Meet me for Breakfast

JU VIBES disse...

Uma observação muito madura, I.
Crescer faz-nos isto, não é?

❥ Biju da Ju,
juvibes.blogspot.pt

Trendy Lisbon disse...

Tal e qual... Eu não descreveria melhor a minha inquietação constante, com sentimentos contraditórios permanentes, entre a plenitude e a insatisfação. A vida é mesmo um jogo de equilíbrios e é ir aprendendo a jogar o melhor possível :)